Quem ama, guarda os seus mandamentos


Reflexão:
Quem ama, guarda seus mandamentos

Se vocês me amam, obedecerão aos meus mandamentos. João 14:15

Uma das tarefas fundamentais de Jesus foi a de esclarecer os discípulos sobre guardar essencialmente os seus mandamentos, e a aplicação disso, está em amar e obedecer.

Existe um conceito popular, folclórico, que situa amor e obediência em dois polos diferentes. De acordo com o tal conceito, no amor todas as coisas são permitidas e perdoadas, inclusive o desrespeito e a falta de cuidado. Por outro lado, dizem que a postura da obediência, cheira a obrigação, a imposição, a ausência de decisão própria.

Para Jesus entretanto, esta alegada contradição não existe e não deve existir. Amar é uma decisão muito pessoal. Amamos porque amamos, sem muita explicação racional. Quem ama não pergunta se o outro é digno do seu amor. Às vezes, até a pessoa que escolhemos amar, nem chega a ser um indivíduo muito amável.

Já a obediência por outro lado, é o fruto de uma atitude de compreensão, de certa lógica, de coerência. Obedecemos às leis porque, caso contrário, seremos punidos. A obediência, entretanto, pode ultrapassar o nível do obrigatório. É quando obedecemos aquele ou aquilo que amamos.

Não importa, neste caso, o preço a ser pago é obedecer ao ser amado, que é em si, uma atitude de compreensão, de conivência, de maturidade. É exatamente este tipo de obediência que nos impomos, quando somos constrangidos pelo amor de Cristo e decidimos assim, amá-lo.

#Reflita

🎥
Acesse o canal:
Evangelho Underground
https://goo.gl/j8FAcC
👆🏼

#Compartilhe

 

Compartilhe... Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterEmail this to someone

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *